quinta-feira, 26 de março de 2009

Nunca pelo chão – use as paredes

Hoje resolvi levar meu pai na obra. Queria checar possíveis vazamentos e sabia que ele era bom nisso. Mas a primeira coisa que ele perguntou quando entrou no apartamento foi: “O que ficou resolvido sobre o gás?”. Respondi que a tubulação atravessaria o chão da cozinha, pois queríamos colocar o fogão para no outro extremo dela.

- Pelo chão???!!! Você nunca deve passar nada pelo chão do apartamento!!! – essa foi a reação do meu pai.

E aí começou o drama. Até porque, logo em seguida, descobrimos que parte da tubulação de água também tinha sido desviada pelo chão. Coisa que não deveria ser feita jamais.

E lá vamos nós falar pro mestre de obras que parte da tubulação deveria ser refeita e que o trajeto do gás deveria ser mudado. Momentos tensos! Medo do pedreiro se encrespar e resolver tocar a obra de qualquer jeito. Juro que fiquei a manhã inteira remoendo esse probleminha na minha cabeça. Mas como disse uma amiga minha: "Eles estão acostumados com essas mudanças. Não se estressa." Espero que ela tenha razão...

Mas vamos às explicações: Tubulação no chão, só a de esgoto, que não tem outro jeito. Mas o resto, tente sempre passar pela parede. Primeiro porque se surgir um vazamento com o encanamento passando pelo chão, sua laje corre o risco de virar uma piscina. Segundo que vazamento na parede fica logo visível. Já no chão... com espaço de laje por baixo... Você corre o risco de ter que furar ele todo, pra achar o problema. Terceiro pelo simples fato de que quebrar parede é mais tranqüilo que quebrar chão.

Mas e o gás? Bom, segundo nosso amigo engenheiro e grande conselheiro para assuntos de obras e reformas, não se deve passar gás pelo piso nunca. Simplesmente porque a laje é a parte que mais sofre alterações no seu apartamento e esses “movimentos” dela podem estragar seu cano. Daí começa um vazamento que você não sente, não sabe que existe, até o dia em que seu chão estoura! POW!

Ou seja: o ideal é passar a tubulação sempre pela parede.

Aprenderam a lição? Eu aprendi!

E por falar em parede, esse jornal estava dentro da nossa! Juro!

12 comentários:

Ozenilda Amorim disse...

Oi menina,
construí minha casa há 4 anos e já fiz uma reforma no ano passado (colocação de telhado na varanda, armários planejados, pintura e algumas modificações que foram necessárias por causa dos armários), é um horror. Como dá trabalho e despesa. Nada nunca é simples ou sai do jeito que a gente quer. Impressionante.
Como moro sozinha, o pedereiro é a pessoa mais importante nesses dias e tem que ser de confiança. Ainda bem que tenho alguém assim, senão...
Mas boa sorte e que fique tudo do jeitinho que você sonhou e acredite, mesmo os aborrecimentos compenssam e viram aprendizado no fim de tudo.
Bom FDS
;)

tici disse...

Deus me livre! hahaha
Obra é uma coisa infinita! :P
Minha casa é toda adaptada e tal, mas to sempre querendo mudar uma coisinha!
Boa sorte pra vcs! Casal lindíssimo!
Beijo grande!

Aline Amthor disse...

Kkkkk... jornal dentro da parede, essa foi boa! Porque não encontramos DINHEIRO dentro da parede, né?!
Bjssss

Elizabeth disse...

Amei o jornal na parede!! Tomara que não encontrem coisas misteriosas como eu e a Lud encontramos na gaveta do antigo apto dela! rs

Em tempo! Bia e Dado são cultura! Graças a eles, acabo de aprender que existe o BARBARÁ!

No Google: "Barbará é um cano de ferro fundido usado em construções. O nome é o nome do fabricante."

Raphael Perret disse...

Nossa! E veja que o jornal é bem recente...

Andrea Carreiro disse...

Bem-vindos ao maravilhoso mundo das obras, reformas, vazamentos e afins!

Segue manual básico para o obreiro de primeria viagem:

- obra sempre custa o dobro e demora o triplo;
- obra não acaba, você dá por terminada, expulsando o pedreiro da sua casa;
- obra nunca fica 100% do jeito que você queria; tem sempre um cano ou viga no meio do caminho, te impedindo de colocar em prática aquela ideia genial que resolveria seu problema de espaço/distribuição dos cômodos;
- o barbará sempre estoura!!

Mas não desanimem! É muito gostoso reformar o primeiro cantinho e futuro ninho de amor! Parece um filho: leva um tempo de gestação e quando finalmente nasce, é lindo! E também consome todo seu tempo e dinheiro...

Beijos e boa sorte!

Ludmila disse...

Excelente dica! A tubulaçao de gás aqui do prédio está mudando e ficará externa. Vai ter obra aqui semana que vem, mas parece que é coisa tranquila! No início os TÉCNICOS - pasmem - disseram que era pra quebrar o chao. Aliás, eles fizeram isso com vários aptos. No nosso será tubulaçao no teto, externa mesmo. Fica meio feinho, mas parece que é mais seguro. Boa sorte pra nós todos!!!

alicebeta disse...

Hahhaha ! Qua a data do jornal? Beijos

disse...

Olá!

Já passei por isso! É um saco mesmo? Chegava nas lojas de construção e os funcionários até nos conheciam já! Tô morando lá faz 6 meses e tô mostrando no meu blog....dá uma passadinha por lá.

bjosss

EVANDRO disse...

Fala Eduardo e Bianca, foi muito bom conhecê-los.
Deixe esse jornal aparente! Vão lançar moda!!
Beleza de blog, hein??!!??

Anônimo disse...

Olá, sou de SP e achei o blog de vocês através do Google. Estou passando pela mesma situação (acabei de comprar um apê e vou reformá-lo) e adorei as dicas de vocês.

Parabéns e boa sorte!

felipe wagner disse...

Prezada,

Sinceramente o que te falaram não faz sentido, na norma de instalações de gás NBR 15526, não possui nenhuma restrição quanto a isso.
Um raciocínio simples é pensar que tubos de PVC para água suportam estar no piso, os tubos para gás são muito mais resistentes.
A maioria das tubulações embutidas de hoje passam pelo piso
Meublog dou muitas dicas sobre gás
http://www.rwengenharia.eng.br/category/rw-gas/

Eng. Felipe Wagner
RW Engenharia
http://www.rwengenharia.eng.br/